Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia, atriz de cinema, está em "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini), e outros. Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura), diversos comerciais e videoclipes musicais. Também é apresentadora e videomaker (roteiriza, dirige, atua e monta os próprios filmes). Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). Estreia em 2017: série de TV "África da Sorte" (TV Brasil) e curta-metragem "Causa Mortis", de Luiz Rodrigues. CONTATO (cinema, televisão e teatro): brenda.ligia@hotmail.com

26 de agosto de 2014

Bienal Internacional do Livro 2014 - SP

Hoje, na Bienal do Livro SP (Anhembi), às 15h, tem lançamento de "O Livro das Mulheres Extraordinárias", de Xico Sá (imperdível: página 249, rs rs rs). Depois, às 16h, tem mesa de debate com Xico + os colunistas da Folha de S.Paulo Gregório Duvivier e Antonio Prata. 
O Livro das Mulheres Extraordinárias, de Xico Sá
“Cleópatra era negra e se chamava Brenda Ligia. Sensacional Brenda Ligia, como no balanço da música homônima, é Cleópatra negra banhada de leite por imaginações tantas. Brenda Ligia quando chega aos lugares, os lugares ficam povoados por todos os orixás”. (por Xico Sá)
 
Xico Sá lançou “O Livro das Mulheres Extraordinárias”, com capítulos elogiosos às principais beldades brasileiras do cinema, teatro, televisão, música, moda, literatura... Tem Gisele Bündchen, Taís Araújo, Patrícia Poeta, Fernanda Lima, Camila Pitanga, Sabrina Sato, Luana Piovani, Juliana Paes, Patrícia Pillar, Carolina Dieckmann... e, no penúltimo capítulo do livro (mas não menos importante, sob o justo “critério da desordem”), página 249, entre Malu Mader e Vera Fischer, tem também Brenda Ligia!!!

"Era pouco para o mulherão e o talento, mas ela faz tudo com muito gosto. Um reclame vira um épico (...). Brenda Ligia não entra para brincadeira, embora seja a pessoa mais engraçada do mundo".

Quase tropecei no orgulho e caí no buraco da vaidade, meu caro amigo Xico, com este eterno presente de devoção literária. Pura prosa poética do danado cabra gênio do Crato, que, desde sempre, encanta os corações do mulherio com seu brilho no zóim por trás das lentes garrafais.
Olhe, vou dizer... encerrar o capítulo “BRENDA LIGIA- Das melhores coisas do mundo” falando de Deus, com letra maiúscula e tudo (“um Deus melhor do que aquela falta de fé de Nietzsche”), me fez chorar. Hormônios... será?

Sensacional! Devorei tudinho. E recomendo: “O Livro das Mulheres Extraordinárias”, de Xico Sá, por apenas R$39,90.

"Imagino Brenda Ligia com sua graça ao infinito, inventando um Deus pra mim (...), Brenda Ligia é a própria provação divina cá neste pobre e azulado planeta, eu, quase ateu, ajoelho e boto fé. Ela faz milagre em qualquer tenda". (pág. 250)

Mais um Festival Internacional de Cinema

Abriram a porteira dos festivais internacionais: o curta "Maldita Vougue" (de Melina Schleder e Julia Portella) também foi selecionado para o SAGA Stockholm International Women's Film Festival (Festival Internacional de Filmes feitos por Mulheres), e vai ser exibido em Estocolmo esta semana (29 de agosto, às 18:30h), na noite de abertura. Oba!
Maldita Vougue exibido em Festival de Cinema em Estocolmo

21 de agosto de 2014

Vida!

"Existe um ser que mora dentro de mim como se fosse a casa dele, e é."
Brenda Ligia e seu menino na barriga (Rio de Janeiro)
É menino! (perfil 6/7 meses)

13 de agosto de 2014

Tragédia e dor

O avião que caiu com Eduardo Campos também carregava outras pessoas... cada um com sua história, seus sonhos, seus amores, seu destino. Hoje perdemos um amigo, Marcelo Lyra (cinegrafista oficial da campanha): grande homem, gente boa, pai de família, surfista, skatista, artista... um cara do bem, que também está fazendo muita falta. Estou sentindo uma forte angústia e rezando para que as famílias tenham conforto e paz. Sobretudo à amiga Paulina, viúva de Marcelo, envio todo o meu amor. 


ROMEO-
Um dia comprei um livrinho de pano para presentear o bebê Romeo, filho do casal de amigos Paulina e Marcelo. Ele me fitou com curiosidade. Olhou pro pacote com os olhinhos vivos. A mãe abriu. Quando viu o que era, largou-o imediatamente no chão e começou a brincar com o embrulho, amassando entre as mãozinhas o papel de presente brilhante, de bolinhas coloridas. Sorriu pra mim com carinha safada, como se dissesse “massa, tia!”. Foi aí que me apaixonei.

No dia desta foto, 21 de julho, chuvosa segunda-feira, a mãe de Romeo me levou à roda de parto humanizado na capital pernambucana, onde moramos. Quem esteve presente naquela noite mágica ouviu relatos viscerais de Paulina, mulher corajosa, que passou muitas horas em trabalho de parto domiciliar para receber seu bebê da forma mais humana possível. Foi amparada, o tempo todo, por um pai presente, ativo, seguro e amoroso: seu marido Marcelo, essencial ao processo de entrega, desde a preparação anterior até o momento em que a cabecinha despontou neste mundo e os pulmõezinhos sentiram a primeira lufada de ar. Desde então, esta criança tem sido a maior alegria da família inteira, celebrando a vida com um sorriso tão largo quanto o da mãe e o do pai, juntos.

Romeo, meu doce menino... o que mais me dói é pensar na tristeza de quem amo. Ah... se eu pudesse envolver vocês numa bolha protetora que anestesia o sofrimento! Voltaríamos no tempo e mudaríamos tudo. Tenho certeza que, antes da tragédia, a última agonia do seu pai foi amenizada pelo pensamento em vocês. Sem palavras para explicar essa fragilidade incicatrizável, porque nossa saudade é imortal. Querido amigo Marcelo Lyra e todos que estavam no avião: descansem em paz, rumando à luz.

8 de agosto de 2014

"Maldita Vougue" em Festival de Cinema Australiano

"Verde é o novo preto! Saiba tudo sobre esta cor de outro planeta." (Vougue) 

O curta-metragem "Maldita Vougue" (direção: Melina Schleder e Julia Portella) foi selecionado para o Sydney Underground Film Festival e vai ter estreia mundial na Austrália, dia 5 de setembro, às 22:30h. Obaaa! 
O filme trata do desejo de se encaixar nos padrões estéticos da sociedade e da maneira como este desejo pode te consumir (e destruir!).

Parabéns a toda a equipe (Wander Wildner está genial, rs rs), principalmente a Melina e Julia (meninas super poderosas)… muito orgulhosa de vocês! 

Viva o cinema nacional!

3 de agosto de 2014

O Livro das Mulheres Extraordinárias

"Brenda Ligia- Das melhores coisas do mundo" em O Livro das Mulheres Extraordinárias (Xico Sá)
“Cleópatra era negra e se chamava Brenda Ligia. Sensacional Brenda Ligia, como no balanço da música homônima, é Cleópatra negra banhada de leite por imaginações tantas. Brenda Ligia quando chega aos lugares, os lugares ficam povoados por todos os orixás”. (por Xico Sá

Hoje acaba a Flip - Festa Literária Internacional de Paraty. Lá, entre tantas mentes brilhantes da literatura mundial, o grande Xico Sá lançou “O Livro das Mulheres Extraordinárias”, com capítulos elogiosos às principais beldades brasileiras do cinema, teatro, televisão, música, moda, literatura... Tem Gisele Bündchen, Taís Araújo, Patrícia Poeta, Fernanda Lima, Camila Pitanga, Sabrina Sato, Luana Piovani, Juliana Paes, Patrícia Pillar, Carolina Dieckmann... e, no penúltimo capítulo do livro (mas não menos importante, sob o justo “critério da desordem”), página 249, entre Malu Mader e Vera Fischer, tem também Brenda Ligia!!! 

"Era pouco para o mulherão e o talento, mas ela faz tudo com muito gosto. Um reclame vira um épico (...). Brenda Ligia não entra para brincadeira, embora seja a pessoa mais engraçada do mundo".

Quase tropecei no orgulho e caí no buraco da vaidade, meu caro amigo Xico, com este eterno presente de devoção literária. Pura prosa poética do danado cabra gênio do Crato, que, desde sempre, encanta os corações do mulherio com seu brilho no zóim por trás das lentes garrafais. 
Olhe, vou dizer... encerrar o capítulo “BRENDA LIGIA- Das melhores coisas do mundo” falando de Deus, com letra maiúscula e tudo (“um Deus melhor do que aquela falta de fé de Nietzsche”), me fez chorar. Hormônios... será? 
Sensacional! Devorei tudinho. E recomendo: “O Livro das Mulheres Extraordinárias”, de Xico Sá, por apenas R$39,90. Em breve, numa livraria perto de você. OBRIGADA, meu querido Francisco Reginaldo! Brilhe sempre. 


"Imagino Brenda Ligia com sua graça ao infinito, inventando um Deus pra mim (...), Brenda Ligia é a própria provação divina cá neste pobre e azulado planeta, eu, quase ateu, ajoelho e boto fé. Ela faz milagre em qualquer tenda". (pág. 250)

(Agora, deixa eu voltar pra Terra... aaah!)