Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia: prêmio de Melhor Atriz no festival Cine PE 2017 (Mostra Curtas PE). Estreias em 2017: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa da Macondo Filmes/SP); “Causa Mortis” (curta da LRJ Filmes/PE), “Sob Pressão” (série da Rede Globo/ direção: Andrucha Waddington) e “África da Sorte” (série da TV Brasil/direção: Renata Pinheiro). Brenda está nos longas "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura). Também é apresentadora e videomaker. Protagonizou comerciais e videoclipes musicais. Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. Foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida!”. É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

27 de junho de 2013

Desde 1969

Foto: Laryssa Moura. Quitéria e Marta em cena

No período mais violento do regime militar, em 69, foi escrita a peça teatral As Confrarias, de Jorge Andrade, que nunca foi levada aos palcos brasileiros (censura?). 
Agora, em 2013, na onda da nossa realidade política, estamos em cartaz com As Confrarias, de quinta a domingo às 20h, até 30 de junho (Teatro Barreto Júnior). 
São as 4 últimas apresentações desta temporada! O espetáculo mostra a sociedade do século XIX e tem como pano de fundo o preconceito, a hipocrisia, a desigualdade, o racismo, justiça, liberdade, exploração, poder, religiosidade, erotismo, catolicismo… soa familiar? 
Direção: Antonio Cadengue. 
Evoé! 


http://merosespectadores.wordpress.com/2013/06/13/as-confrarias-ou-olhar-o-passado-e-defender-a-liberdade-no-presente-por-alexandre-figueiroa/
Cena de As Confrarias (Nilza Lisboa, Roberto Brandão, Brenda Ligia e Marcelino Dias)


Quitéria em cena de As Confrarias (atriz Brenda Ligia)
Foto: Laryssa Moura

Diretor Antonio Cadengue com elenco de As Confrarias
Foto: Laryssa Moura

24 de junho de 2013

Estreia na TV- "Beleza S/A"

"Beleza S/A"- série da O2 Filmes para o canal GNT estreia na TV dia 07 de agosto, às 23h.
Não deixe de assistir! Participei do nono episódio, fazendo um personagem muito especial... um presente!
Beleza S/A estreia no GNT -O2 Filmes (SP)

Última semana - As Confrarias

Esta é a última semana de apresentação do espetáculo inédito "As Confrarias", de Jorge Andrade, sob direção de Antonio Cadengue (Cia Teatro de Seraphim).
Escrito em 1969, texto nunca foi encenado no Brasil.
Brenda Ligia (Quitéria) em cena com os confrades- coreografia/ Pina

Teatro Barreto Júnior, Recife.
Quinta a domingo, às 20h. Até 30 de junho.
R$10,00 (inteira)/ R$5,00 (meia).
Espetáculo patrocinado pelo governo de Pernambuco.

Foto: Laryssa Moura. Brenda Ligia e Roberto Brandão (Quitéria e José)

Quase 1000 pessoas assistiram a esta primeira temporada do espetáculo. Obrigada! 

19 de junho de 2013

Direitos Humanos

Apresentadora Brenda Ligia
Fui apresentadora do documentário Direitos Humanos, sob direção de Alexandre Alencar, pela produtora Ateliê Produções
Foi um bom dia: trabalhar entre amigos é sempre uma satisfação! Que venham outros.
Equipe boa

13 de junho de 2013

Noite de estreia - As Confrarias

Pré-estreia de As Confrarias

Noite de estreia do espetáculo inédito no Brasil: As Confrarias, de Jorge Andrade, sob direção de Antonio Cadengue (Cia Teatro de Seraphim). Patrocínio: governo do Estado (PE). 
Estreia com casa lotada
 ESTREIA- AS CONFRARIAS! -assista http://youtu.be/TqoQgAQNWOc


José (Roberto Brandão) e Quitéria (Brenda Ligia)



Em cartaz no Teatro Barreto Júnior (Recife), de quinta a domingo, às 20h (até 30/06).

R$10,00 (inteira), R$5,00 (meia). 
Fotos: Américo Nunes.

HOJE TEM ESPETÁCULO! Venham todos! 

"As Confrarias, peça eivada de erotismo, de religiosidade, de arte e política (e tudo isto muito bem entrelaçado), faz uma correspondência engenhosa com o ambiente histórico-social das Minas Gerais do século XVIII, quando se sonhava ardentemente com a liberdade, mas se vivia em verdade curvado sob o jugo da tirania do governo colonial português (e inglês, como pano de fundo) e da Igreja Católica.

Coreografia de Quitéria com os confrades
Um rico balé gestual cheio de ademanes e reverências para acompanhar uma linguagem verbal que mais esconde idéias e intenções do que mostra." -por Catarina Sant'Anna
Brenda Ligia (Quitéria) no teatro




8 de junho de 2013

Estreia no teatro amanhã!

Brenda Ligia em coreografia (Pina)/ Foto: Marcelo Pinheiro


Escrita por Jorge Andrade e dirigida por Antonio Edson Cadengue, a peça As Confrarias narra a decadência e o fim do ciclo do ouro. Inicia temporada neste domingo (9) e segue em cartaz até o dia 30 de junho no Teatro Barreto Júnior.

O enredo aborda um tema recorrente da dramaturgia de Jorge Andrade: a morte sem sepultura. Auxiliada por Quitéria, amante do filho, José, morto por suspeita de conspiração, Marta transporta o corpo numa rede, aparentemente em busca de solo sagrado para enterrá-lo.



Brenda Ligia- foto: Marcelo Pinheiro
Quitéria (Brenda Ligia) - foto: Marcelo Pinheiro


2 de junho de 2013

Série de TV "Beleza S/A" -GNT/ O2 Filmes

Caras e bocas com equipe linda no camarim da O2 Filmes

    A história começa quando você recebe a resposta do teste de elenco: atriz aprovada para viver um personagem incrível num episódio de uma série ótima de um canal excelente, feita pela maior produtora do país. U-au! 

    Então você começa a estudar; fala sozinha a maior parte do tempo. Começa a emagrecer e ensaia diante de todos os espelhos da casa. Grava, ouve, pensa, cria, brinca e chora; não necessariamente nesta ordem.  

    Quando chega a data, você está preparada, segura, e ávida para entrar nesse jogo de delícias chamado atuação. Sorte e competência no trabalho.
    Excelente roteiro, de Nina Crintzs

    de início, vê doçura, porque a organização impera. A produção trata você com respeito e profissionalismo, como deve ser. Motoristas pontuais e bons de prosa te buscam e te levam pelas vias dessa grande mãe, São Paulo. Você é recebida com largo sorriso por cada um da equipe, que tem um sol gigante brotando do peito. Uns, queridos conhecidos de longa data, outros, pessoas-primavera que cruzam seu caminho cheio de flores. Você suspira e abraça o agora. 


    Brenda transformada em Penha
    Tem a comida gostosa da Lili. Depois, figurino e maquiagem, que são o “rehab das desavantajadas”, onde fadas encantadas recriam um invólucro imagético pra vestir sua nova alma. Essas bichas femininas fazem sua barriga doer de tanto rir com as bobagens triviais de mulher pra mulher! E você vai pro set tão feliz, mas tão feliz, que parece que o personagem te salta aos olhos, habita sua carne, responde por você. 


    Você conta com o apoio atencioso da direção sensível e visceral, a assistência de direção "cheia de vida" e muito amor à arte, a fotografia primorosa e atraente, o som minucioso e vigilante, a câmera silenciosa e concentrada, a produção presente e vivaz, a elétrica e a maquinaria zelosas e perspicazes, a arte autêntica e elegante... boas vibrações harmônicas.

    Carlão e Penha (Davi e Brenda)
    Chega sua vez. Você se joga sem rede de proteção nas cenas. Experimenta, brinca, sente, troca. Contracena com atores de verdade, que fazem a diferença no tempo e no espaço; gente que, só com a força do olhar, diz mais que monólogo denso. Você sente, vinda de dentro, aquela satisfação que faz cócegas na alma. “O amor é importante no trabalho”. (As Confrarias, de Jorge Andrade)


    Beleza S/A: direção Rodrigo Meirelles
    Então repara em cada um como parte do todo, movendo um mecanismo sofisticado que agrega ao bem-estar e à realização plena do exercício da profissão, com o intuito de fazer televisão de qualidade para telespectadores brasileiros. O resultado será visto na TV no próximo semestre, mas o que guardo na memória emotiva são os bons momentos em que dividi meu tempo, meu sonho e minha realidade inventada com cada um desta equipe tão envolvente. O mundo é feito de pessoas. Vocês me inspiram... é tanta BELEZA! 

    Brenda Ligia, atriz


    Equipe inesquecivelmente apaixonante: O2 Filmes. Série “Beleza S/A”: estreia no GNT em agosto.

    Para saber mais sobre a série BELEZA S/A, visite o link da O2 Filmes.

    Cinema d'água

    Atriz Brenda Ligia apresentando o Espelho da Cidade

    "Espelho da Cidade: uma tela de água bombeada do rio Capibaribe no seu encontro com o mar projeta imagens do Recife. O pioneirismo e o encantamento onírico desse cinema das águas cativam as pessoas: modestos ambulantes, jovens namorados, crianças no colo, cabelos brancos ao lado dos dreadlocks, skatistas e patinadores, os turistas, enfim, todos vendo o rio nas águas do rio. Um espetáculo democrático. Espelho da Cidade é uma atrativa, bela e criativa ação para chamar a atenção da sociedade para a importância do relacionamento harmonioso com a natureza, respeitando os rios que são a cara do Recife. É lazer e cultura de qualidade. É o Recife, pedaço de terra sublinhado por águas doces e salgadas, tremulando em uma tela tecida por essas mesmas águas." por Paulo Costa.

    1 de junho de 2013

    Falta uma semana pra estreia!

    "Se a arte não registra o homem, no tempo e no espaço, para mim não é arte, não é teatro, não é literatura, não é nada”. Jorge Andrade, 1978
    Quitéria (Brenda Ligia) em "As Confrarias", de Jorge Andrade (estreia dia 09 de junho)
    Mauro Monezi e elenco
    Marcelino Dias

    Ivo Barreto, Brenda Ligia e Rudimar Constâncio




    Falta uma semana para a estreia do nosso espetáculo As Confrarias, de Jorge Andrade (inédito no Brasil). Direção: Antonio Edson Cadengue/ Cia Teatro de Seraphim.
    Estreia dia 09 de junho, domingo que vem, às 20h, no Teatro Barreto Júnior (Recife).
    Em cartaz de quinta a domingo, até 30/06 (exceto dia 23/06; pelo dia de São João).
    Ingressos: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia). Duração: 1h30. Teatro adulto.

    "As Confrarias, peça eivada de erotismo, de religiosidade, de arte e política (e tudo isto muito bem entrelaçado), faz uma correspondência engenhosa com o ambiente histórico-social das Minas Gerais do século XVIII, quando se sonhava ardentemente com a liberdade, mas se vivia em verdade curvado sob o jugo da tirania do governo colonial português (e inglês, como pano de fundo) e da Igreja Católica.
    Um rico balé gestual cheio de ademanes e reverências para acompanhar uma linguagem verbal que mais esconde idéias e intenções do que mostra." -por Catarina Sant'Anna

    CURIOSIDADES:
    • Foi Cacilda Becker quem incentivou Jorge Andrade a escrever para teatro, na década de 50. Mas ele queria ser ator.
    • Sua obra faz uma reconstrução da história do Brasil, sobretudo o ciclo do café, além de focalizar o problema da decadência dos valores patriarcais.
    • Um dos personagens favoritos vividos por Fernanda Montenegro foi Lucília, da obra “A Moratória”, de Jorge Andrade (1954).
    • Ele foi um dos nomes mais importantes no processo de renovação do teatro nacional; o “Garrincha” da dramaturgia brasileira.

    IMPERDÍVEL! VENHA NOS ASSISTIR! A partir de 9 de junho, de quinta a domingo, no Teatro Barreto Junior, Recife.