Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia, atriz. Estreias em 2017: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa da Macondo Filmes/SP); “Causa Mortis” (curta da LRJ Filmes/PE), “Sob Pressão” (série da Rede Globo/ direção: Andrucha Waddington) e “África da Sorte” (série da TV Brasil/direção: Renata Pinheiro). Brenda está nos longas "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura). Também é apresentadora e videomaker (roteiriza, dirige e monta curtas autorais). Protagonizou diversos comerciais e videoclipes musicais. Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. Foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida!”, de Ana Maria Gonçalves, no Auditório Ibirapuera (nov/16). É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

18 de janeiro de 2011

Etéreo

Há pouco tempo, numa linda manhã de sábado, saí de casa rumo à praia de Boa Viagem para o mergulho matinal nesse marzão de meu Deus. Dobrando a esquina, por feliz obra do destino, encontrei aquele senhor (figura agradabilíssima!) saindo de um edifício xis: Marcelo Costa Lima (por parte da querida amiga Gabi Dalia, avô do prodígio garoto Mateus, e marido da linda senhora Dona Lucinha). Esfuziante, cumprimentei-o e seguimos caminhando juntos pela orla.

Viajamos por política, velhice, saúde, trabalho, vida, família, bebida, reunião de condomínio, amor, ignorância, São João, teatro, saudade, praia dos Carneiros, Recife, Minas e São Paulo. E então chegamos à portaria de seu prédio. Nos despedimos e subiu.

Marcelo Costa Lima partiu e deixou meu dia ainda mais alegre e brilhantemente ensolarado. Um grande homem, com grande coração e alma boa, que, com seu riso largo, esbajava carisma e boas intenções por onde passava. Um médico "do peru", pois foi um dos melhores urologistas do Brasil (quiçá do mundo!); dedicou sua vida à medicina e ao bem-estar do próximo, imagine... tamanha doação.

E hoje, 18 de janeiro, terminou a jornada de Marcelo Costa Lima aqui na Terra. Seu corpo físico não está mais entre nós, mas sua luz iluminará para sempre os pensamentos daqueles que o conheceram um dia. Doutor Marcelo está agora imerso na grandeza do Infinito, onde a vaidade mundana não tem espaço. Envio meu sincero e forte abraço a todos aqueles que te amam e que tu amaste, e que seja possível abrandar-lhes o sofrimento da alma, lembrando que estaremos todos juntos um dia, mas não antes da hora marcada, amém. Descanse em paz, Seu Marcelo. Valeu, muito obrigada.

15 de janeiro de 2011

Primeiro Prêmio

Fui passar o reveillon num sítio mineiro com minha família Miguel (foi incrível!). Na hora de partir, meu tio Vaninho veio com a oferta: rifa. Como tio Vaninho é muito querido, adorado e bonitinho, cedi e comprei alguns cupons da bendita rifa. Chegando em casa, atentei-me aos prêmios (sobretudo o primeiro e o segundo), que, para mim (e muita gente!), são inviáveis. Não posso. Não cabe. Não quero. O sorteio será dia 23 de janeiro, semana que vem. Até lá, sigo torcendo para que continue tendo sorte no amor e azar no jogo... ,

PS.: Agradeço ao Dr. "Ubsclender CARNEIRO" pelo eventual BEZERRO ou NOVILHA.

13 de janeiro de 2011

Amy in Brazil


Aconteceu: ela caiu. Quer dizer; ela "quase" caiu. No melhor estilo "balança mas não cai", Amy Winehouse, soberana como o sol (toda guapa num tubinho amarelo), ensaiava um "padeburré" no palco do Centro de Convenções, em Olinda, quando desequilibrou-se e quase caiu, cambaleante. A plateia foi ao delírio; finalmente acontecera o que todos aguardavam desde o início da turnê brasileira.

Não sei explicar o fascínio que essa mulher (excelente artista de talento nato!) exerce sobre mim. Cada uma das três ou quatro vezes em que ela sumia do palco, eu, do alto do meu 1,78m de altura, me erguia sobre a multidão, exercitando minhas panturrilhas enquanto esperava o momento de seu retorno. Ansiava por ver sua carinha de louca ao som da sua voz de diva.

Então ela voltou a si e ao palco; coçou os olhos, cantou, cochichou com os músicos. Agarrou o negão que fica à sua esquerda e é seu braço direito. Ele, carinhoso e paciente. Até que, em dado momento, ela engafinhou-se nele. Tive a impressão de que ela dava pequenos murros em seu companheiro de trabalho, e ele tentava desvencilhar-se da mulher. O povo gritava! Eu urrava junto com a massa. Que massa! Ah, essa Amy...

Findo o show, veio o momento do bis. Voltaram à cena e Amy pôs-se a "dublar" um ska delicioso entoado pela banda. A menina frágil e visivelmente fora de controle tentava acompanhar a letra com os lábios um tanto quanto distantes do microfone. Fingia que estava cantando... vê se pode! Como se sua voz pudesse ser camuflada. Simplesmente não colou, já que todo mundo percebeu que ela mal se aguentava em pé, a bichinha.

Quando tudo parecia um BIS perdido, eis que Amy ressurge... toda segura, sensível, emocionada e louca. A diva do soul fez os queixos presentes virem a baixo, ao cantar a saideira com a alma e o coração. Nos deixou a todos boquiabertos, surpresos, felizes. É impressionante como o talento de alguém pode falar bem mais alto que qualquer outra coisa que se queira pré-julgar. Valeu, Amy... I love Amy!

Saldo final: show lindo, maravilhoso, incrível...
*valeu a pena cada segundo
*quero mais
*e recomendo!

SP, MG, RJ... PE!

PRIMEIRO, SÃO PAULONatal, família, amigos, museus, cinema, chuva, crianças, diversão, descanso, bate-papo...
DEPOIS, MINAS GERAISMontanhas, sítio São João, Família Miguel, Ano Novo, diversão, música, cerveja, piscina, natureza, amigo secreto... e mais chuva.
POR FIM, RIO DE JANEIROTrabalho, amigas, entrevista, cidade maravilhosa, Santos Dumont, e mais chuva!
NA FOTO: eu, Cris Lago, Guta Ruiz e Erika Puga (indo pra casa da Deborah Secco pra dar entrevista sobre o filme Bruna Surfistinha. Em breve, num cinema perto de você!)

AGORA, PERNAMBUCO (lar, doce lar). Voltei pra terra do SOL! E pro show da Amy Winehouse aqui em Recife hoje à noite! Uhuuu!