Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia: prêmio de Melhor Atriz no festival CinePE 2017. Estreias: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa/ Macondo Filmes SP); “Causa Mortis” (curta/ LRJ Filmes), “África da Sorte” (série/ TV Brasil), “15 Segundos” (longa/ prod.: Antonio Fagundes). Brenda está nos longas “Todas as Cores da Noite” (Pedro Severien), “As Melhores Coisas do Mundo” (Laís Bodanzky), “Sangue Azul” (Lírio Ferreira), “Bruna Surfistinha” (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão “Sob Pressão” (Rede Globo), “A Mulher do Prefeito” (Rede Globo), “Beleza S/A” (GNT), “9mmSP” (Fox), “Somos Um Só” (TV Cultura). Formada em Comunicação Social na Faculdade Oswaldo Cruz/ SP. Cursou Técnico Profissionalizante em Teatro no Teatro Escola Macunaíma/SP. Em Teatro, foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida”. Cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). Idiomas: Português, Inglês, Francês. Publicidade: Vivo, Santander, Sebrae, Coca-Cola, Mc Donald’s, Nossa Caixa, Nestlé, Nextel. Também APRESENTADORA e videomaker. CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

26 de fevereiro de 2010

MEU VESTIDO DE NOIVA



Hoje fui provar meu vestido de noiva na Tutti Sposa, da estilista Renata Borges. LINDO! Amei.
LINK DO VÍDEO: http://www.youtube.com/watch?v=UvBvFBYghf8


25 de fevereiro de 2010

Mulher Microondas

Ontem fui gravar um filme comercial. Minha cena era na cozinha: uma mulher (feliz que só ela!) abria o microondas, colocava uma xícara, fechava. Depois de 5 segundos, abria novamente e retirava a mesma. Sempre, vale lembrar, com um sorriso estampando sua felicidade e satisfação para com a vida.
O fato é que a câmera, posicionada no fundo falso do eletrodoméstico, revelava nada além do prato giratório (com a xícara) e meu carão redondamente retangular de pano de fundo. Sorridente, obviamente :-) . Numa cozinha lindamente modificada. Eu, corpo de mulher, cabeça de microondas.

Em tempos de Mulher Melancia, Mulher Jaca, Mulher Abóbora e outras tantas frutas e leguminosas, alguém da equipe técnica e espirituosa soltou o jargão "Mulher Microondas". Pegou a piada e também o apelido. Que bom que a gente, às vezes, trabalha rindo.
PS1.: O ser humano é o único animal que tem o dom do sorriso. Sorte a nossa! Imagine eu, que tenho irmão dentista!
PS2.: A hiena só ri, não sorri.

PS3.: A produtora com a qual trabalhei foi a Cine Vídeo. São incríveis! Com eles fiz um comercial que eu adoro (antigo): "obrigada, Seu Matias".

E foram eles que fizeram aquele das Havaianas, que foi CENSURADO, BANIDO da TV.

http://www.youtube.com/watch?v=P69ik25jWsw

18 de fevereiro de 2010

Quarta-feira de cinzas, gotas, ondas

Ontem, quarta-feira de cinzas, saí de casa para ir ao ensaio da minha peça de teatro (aguarde! Estreia em algumas semanas!), na Pompéia.
Lá fui eu de ônibus, como sempre, pois tenho carro mas não dirijo. Primeiro porque é um Corsa velho que insiste em morrer quando breco nos semáforos, causando um nó na boca do meu esôfago e constante tensão na região da minha nuca (tamanho estresse de ter carro velho, aff, me poupo disso).
O segundo motivo pelo qual não dirijo mais é indiscutivelmente trágico: a cidade de São Paulo não comporta tantos veículos. O trânsito, que era caótico, ficou estático. O tempo que o paulistano passa no trânsito só faz aumentar; uma agonia sem fim. De lambuja, temos as enchentes e alagamentos... ah! Sendo assim, me sinto mais livre e segura dentro de ônibus, que são os únicos que conseguem atravessar as enxurradas.
E foi exatamente o que aconteceu comigo ontem, a caminho do ateliê onde ensaiamos. Após apenas 15 minutos de chuva, me vi no foco de um alagamento. Claro: saquei meu celular, gravei, editei e ei-lo aqui (el video).


A Polyanna Moça que vive em minh'alma diz que tive muita sorte por estar em segurança na hora do toró: no banco mais alto do veículo mais alto! Embora ficar ilhada num ônibus por mais de uma hora não seja "sorte", e sim "azar"...

FOTO TIRADA DO MEU CELULAR, NA RUA CORIOLANO

17 de fevereiro de 2010

Ufa!


Sobrevivi ao carnaval 2010!

EXTRA, EXTRA! Furo de reportagem: o ex-governador Arruda engajado na folia de carnaval! Não está na cadeia, e sim no Vai Quem Quer! Sassaricou por 4 dias seguidos sobre a alegoria!
E o melhor dos presentes é que o Arruda agora é meu! Está na minha casa! Presente do grande artista Vai Quem Queriano, Pato. Muito obrigada! Valeu, Pato!
Valeu, meu povo! 30 ANOS DE TRADIÇÃO, pelas ruas de Pinheiros!

11 de fevereiro de 2010

R.R.

Hoje meu vizinho me chamou de canto e cochichou, em tom de segredo.
-Tenho uma coisa pra te mostrar.
Abriu sua pochete (é!), sacou uma fotografia e chacoalhou-a no ar, com o peito estufado digno de um avô coruja.
-Nasceu meu netinho!
Olhei, sorri, parabenizei pelo lindo bebê joelhinho. Naturalmente, perguntei o nome do rebento.
-Ruan Riquelme.

Silêncio. Ruan Riquelme... eu refletia. Ele prosseguiu, contando vantagem:
-Vai assinar que nem o pastor R.R. Soares. Uma bênção!

É... o silêncio é de ouro, a palavra é de prata.

Ruan Riquelme. Mais um nesse mundo dos nomes duplos... eu, Brenda Ligia, irmã de Arthur Eustáquio, Kleber Lúcio, Vanessa Nöella e Daniel Philipe; prima de Clecinara Lane, Alex Thúlio, Réges Marcel, Marcela Iza, Fábio Henrique... enfim, eu que o diga!

Que Deus abençoe o R.R.!

10 de fevereiro de 2010

É Carnaval!

Contrariando todos os clichês das ditas "mulatas brasileiras", sempre afirmei, bufando: "não gosto de carnaval". Eis que, no ano passado, o namorado me apresentou ao bloco de rua "Vai Quem Quer" (se concentram todas as noites, às 21h, ali na Praça Benedito Calixto, e percorrem as ruas de Pinheiros). MARCHINHAS DE CARNAVAL, com classe e categoria!
Fui no primeiro dia, desconfiada. Gostei.
No segundo quis ir de novo. Adorei.
No terceiro, levei a família (inclusive sobrinhos crianças, pois o clima é bem familiar).
No quarto e último, amei. Por pouco não chorei.
Toquei surdo com a banda, e foi SENSACIONAL! Passei as noites de folia fazendo som pra tanta gente dançar, cantar e pular. Uma experiência única, mágica, lúdica.
E chegou a hora... sábado. É carnaval! Todos (que forem ficar em São Paulo) estão convidadíssimos pra essa festa! É só chegar na concentração do bloco, ali na Praça. Estaremos todos lá, com certeza! ALEGRIA, ALEGRIA!
PS1.: "Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo"... Então, agora eu gosto de carnaval!
PS2.: E, como não poderia faltar... segue o vídeo que fiz no ano passado.
PS3.: Esse vai ser um ano especial pro bloco, pois completam 30 anos de tradição! FESTA, Brasil! Vamos chegar, meu povo! E quem disse que pra se divertir precisa ter muito dinheiro, hã (interroga).

8 de fevereiro de 2010

Show da Beyoncé

Quando soube que a diva Beyoncé viria ao Brasil, óbvio que tive vontade de ir ao show. Mas além dos ingressos terem se esgotado rapidamente (ah, impossível competir com aqueles fãs incondicionais que acampam à porta da bilheteria beeeem antes das vendas começarem, aff!), confesso que o preço salgadíssimo (600 reais, quase um salário mínimo nesse país, aff!) me demoveu da ideia.

Então descobri um site ( http://www.facebook.com/jeitospeedy ) que lança, esporadicamente, promoções de toda sorte, geralmente relacionadas a grandes shows internacionais nas capitais brasileiras. CONCURSO CULTURAL "BEYONCÉ AO PÉ DA LETRA". Arregalei os olhos ao ler o regulamento: "fazer uma paródia de alguma música da Beyoncé, gravar um vídeo de até 30 segundos, e enviar". "Tá no papo", pensei (salve a comédia!).

Pesquisei a moça-diva no youtube: assisti aos videoclipes da musa e escolhi uma música para parodiar e concorrer a 2 ingressos. Escrevi, decorei, cantei, gravei, editei e mandei. E no dia do meu aniversário (4 de fevereiro, shhhhh!, que não conto pra ninguém!), TCHAM TCHAM TCHAM TCHAM: eis a notícia. Fui premiada! Uhuuuuu!

Foto: Clecinara Lane

De bate-pronto convidei minha prima Clecinara Lane, que deu pulos de alegria, pois além de tudo é fã da Ivete Sangalo (que abriu o mega show). Eu, particularmente, não gosto do gênero, mas respeito e sei do seu valor.

E sábado, 6 de fevereiro, no horário combinado, o motorista simpaticamente bonachão veio nos buscar em casa. A produtora, gente finíssima e atenciosa, nos presenteou com lanchinho gostoso, cds da Beyoncé, mochilas, camisetas... e lá fomos nós. Morumbi lotado; 60 mil pessoas. Primeiro teve Ivete, que, respeitavelmente, conduziu o espetáculo com descontração e leveza, fazendo várias menções àquela entidade musical que estava por vir. Naquele dia, especificamente, todos aguardavam a diva.

E eis que entrou a bichona; o estádio veio abaixo. Gente do céu! A mulher é um furacão! Chega dominando tudo com o olhar, postura, dança, voz, corpo, presença, charme... ela É o próprio show, que transcorreu maravilhosamente bem. Impressionante tudo que consegue fazer no palco. Canta, dança, brinca, cativa. Até as coisas mais cafonas transbordam glamour quando vem de Beyoncé. Num passe de mágica, ela consegue transformar até o ato mais piegas em gesto lúdico. É absoluta, indiscutível.

No final do show, concluí duas coisas: a primeira delas é que hoje, pós segunda-feira, devo, IMPRESCINDIVELMENTE, começar uma DIETA, com urgência. Que a Beyoncé me sirva de inspiração!

E a segunda conclusão é que não sou fã tão fervorosa, em comparação aos incondicionais que acampam à porta do estádio. O telão mostrava, ao vivo, o êxtase de cada um deles ao vê-la dançando com a bandeira do Brasil, feito pluma dourada. Vi gente até desmaiada (a idolatria suga a força). Choravam, gritavam, cantavam com emoção (todas as letras de todas as músicas, de cor e salteado, com coreografia inclusa!).

Que loucura... o mundo virtual me possibilitou fazer uso da tecnologia para realizar algo que há muito não fazia: ir a um grande show, de porte internacional. De quebra, fui de graça, como ganhadora de concurso culural (imagina... eu, que achava que essas coisas eram LENDA...). Graças ao Jeito Speedy e a agência Alquimia, que prova que são realmente sérios, profissionais, e super fofos! VALEU!

3 de fevereiro de 2010

Série "9mm" - canal Fox

Gravação da série "9mm" do canal Fox (direção: Michael Ruman, Moonshot Pictures).
Intriga, tensão, burocracia, delegacia, abuso, investigação, polícia... na foto, Conselheira Adriana (eu) com Doutor Eduardo (Luciano Quirino).