Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia: prêmio de Melhor Atriz no festival Cine PE 2017 (Mostra Curtas PE). Estreias em 2017: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa da Macondo Filmes/SP); “Causa Mortis” (curta da LRJ Filmes/PE), “Sob Pressão” (série da Rede Globo/ direção: Andrucha Waddington) e “África da Sorte” (série da TV Brasil/direção: Renata Pinheiro). Brenda está nos longas "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura). Também é apresentadora e videomaker. Protagonizou comerciais e videoclipes musicais. Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. Foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida!”. É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

21 de junho de 2009

São Paulo Fashion Week

Pela primeira vez fui ao São Paulo Fashion Week, no parque do Ibirapuera. A-DO-REI!!! Conheci algumas figuras carimbadas, dei risada, encontrei muita gente (querida!) e aprontei bastante!
Lá é do jeito que eu gosto: sem frescura, tudo pode, filma-se tuuuudo, OBA!
E claro que fiz um vídeo!
Essa foto ilustra a cota de modelos negros no SPFW, bi. Eu e ela, reinando soberanas...

Obrigada Tati e Pri, pelo convite e tudo mais. Ah, que delícia dar pinta no evento de moda, hahaha... Paris, me aguarde. LOVE, peace; amour, paix!

http://www.eutehemo.com.br/

19 de junho de 2009

Polícia Federal

Engraçado como temos séria tendência a dramatizar tudo e esperar sempre o pior. Ainda mais aqui, no Brasil.
Exemplo de hoje: fui à polícia federal, ali no subsolo do shopping Eldorado. Objetivo: renovar meu passaporte, que venceu em abril (vou viajar em breve, e isso é assunto pra outro post, beeeem mais elaborado, que virá). Pois bem.
Cheguei preparada e bem equipada (munida de todos os cadernos do jornal de hoje + meu livro de hoje e sempre, de cabeceira, do tal do gênio Alain de Botton); estava disposta a enfrentar filas tão quilométricas quanto às do show do RBD (Rebeldes, do México, uai!)- cheias de jovens acampando em suas barracas, na companhia dos infelizes pais. Blargh, coitados. Se alguém terceirizasse esse servicinho "sujo", aposto que a procura seria enorme.
Enfim. Cheguei; portas fechadas, ainda que de vidro transparente. "Sinal de perigo, mau pressentimento", pensei com minha mente obstaculosa.
Eis que chegou o delegado (e quem não for muito novinho lembra desse hit: "Seu delegado, prende o Tadeu; ele pegou a minha irmã e... HUM!); atendeu-me com presteza. Pegou meu protocolo (tal de GRU preenchida pela internet e previamente paga no banco) e entrei. Sentei. Fui atendida de imediato. Todos os documentos em mãos. A mocinha simpática (funcionária pública, yes!) tirou minhas impressões digitais naquele equipamento moderno. Pelo visto, sujar os dedos de tinta virou coisa do passado; ou coisa de cadeia (é?).
Resumindo: em menos de 10 minutos eu já estava fora dali. Sem aborrecimentos. Sem pendências ou obstáculos instransponíveis pelos entraves burocráticos. E dia 29 de junho fica pronto. Yupi!
Por essa eu não esperava; que seria tão fácil tirar passaporte válido. Ufa. Que sorte. Obrigada, a quem quer que seja responsável por isso. Será Deus? Nã... acho que tá muito ocupado com as coisas do Céu e da Terra.

PS.: Curioso que, logo à entrada, colado à porta de vidro, um aviso improvisadamente caseiro (impresso de forma tosca, mesmo... com tinta de impressora que nem a laser é!) diz assim:
"DESACATO - DESACATAR FUNCIONÁRIO PÚBLICO EM EXERCÍCIO DA FUNÇÃO GERA TEMPO XIS DE PRISÃO E NÃO-SEI-QUE-LÁ"... etc.
Já imaginei TODA A CENA... e mais um pouco. Sorte que a protagonista, nesse caso, não era EUZINHA... com base nos meus chiliques pra entrar em banco com porta giratória e detector de metais, que SEMPRE apita PRA MIM! Justo pra mim; é batata. Não que eu ande armada; só armo barraco, mesmo. E, ainda assim, com elegância e destreza (será?). Hehehe... lição do dia: brigar no banco pode. Na polícia federal, porém, dá cadeia. E é isso. Dia bom é dia cheio, ui. Mas cansa. Agora, zzzzzzzzzzzz... buenas noches.

15 de junho de 2009

PARADA GAY

VOILÀ... minha primeira vez na PARADA GAY - 2009
Avenida Paulista/ São Paulo/ Brasil

Mosquitinho

Sabe aquele mosquitinho meio lento que aparece às vezes no chuveiro, na hora do banho? Pois bem. Será que sou só eu (no mundo!) que tento molhá-lo com as mãos em concha, cheias d'água?
(muitas vezes sem lograr êxito; apesar de sua lerdeza no vôo).
-Opa, agora "voo" é sem circunflexo. E salve nossa língua portuguesa!

11 de junho de 2009

Sensacional Brenda Ligia - ao vivo no Sesc Pompéia

Existe uma música feita pra mim, com meu nome e tudo. E é LINDA, maravilhosa, SENSACIONAL! Digamos, assim, que é um presente. Pra sempre. Meu querido amigo de longa data, o talentoso Marco Fábio (vulgo Mattoli!) escreveu, compôs, fez os arranjos e tal. Coisa fina, coisa bela, coisa de louco. A banda é a melhor do planeta: Clube do Balanço. A mais importante e poderosa do samba-rock brasileiro. Gente, quanta honra... é demais. Até agora ainda não acredito, direito.
Semana passada eles lançaram o cd novo, Pela Contramão. Que, aliás, é uma pérola. Delicioso do início ao fim. E lá está: música 2, Sensacional Brenda Ligia, para toda a eternidade, amém... muita honra. Quase não caibo em mim, de tanta felicidade. Obrigada, amigo querido, muito obrigada... guardo no coração. Pra sempre. Você que é SENSACIONAL, viu?!
SALVE SALVE, CLUBE DO BALANÇO!!!
amo amo amo amo amo amo amo amo... tanto!

Ritmo... ritmo de festa

Ontem à noite, véspera de feriado, foi a festa de aniversário da minha amiga querida. O balácu-bácu foi na Vila Madalena, em São Paulo. Como diz Duda, "Gente bonita, clima de paquera e presença de famosos!". Em ritmo de festa.
Na verdade, era aniversário de 3 pessoas: minha amiga Priscila, outro amigo, Henrique, e um outro que nem conheci, não vi. Todos se uniram e inventaram uma festa de nome "Super Gêmeos, Ativar". Por quê esse título? Sabe-se lá o motivo; acho que ninguém os questionou a respeito de fato deveras curioso. Talvez sejam resquícios oitentistas? Ah! Agora sim, alcanço a clarividência. Entendi o porquê das músicas tocadas serem todas dos anos 80. Gente! Eu fui a uma festa anos 80 e não sabia! Enfim, voltando a ontem à noite, que estava chuvosa na capital, e teve, na vida, o maior índice de congestionamento de todo o sempre. Imagine a combinação: "chuvinha + véspera de feriadão", e tá pronto o estardalhaço. E haja paciência!

Ah, a paciência... tão importante, nos dias de hoje, e desde sempre. Amém.
Para bem exercitá-la, vamos à festa!
PRIMEIRO EXERCÍCIO
O trânsito em si. Ah! Enerva.
SEGUNDO EXERCÍCIO
Fumaça de cigarro no ar. No olho. No rosto. Na roupa... all over. Em festa, por enquanto, pode tudo.
TERCEIRO EXERCÍCIO
Os malas. Estão sempre à solta; andam em bandos de amigos tão idiotas quanto os mesmos. Competem entre si. Carentes de atenção. Toscos. Algumas espécies agarram a presa pelo cotovelo, e apertam aquele ossinho que a gente tem. Dá um ódio! Tem horas que só uma boa patada salva.
QUARTO EXERCÍCIO
Aquele sujeitinho que bebeu (ou afins) além da conta e não se dá conta. Só apronta. Empate: paciência versus inconveniência. E eu, motorista consciente, passei a noite toda à base de refrigerante zero açúcar. Mais sóbria, impossível. Acho que assim, "careta", fica mais complicado entender o outro lado (relevar).

O OUTRO LADO DA MOEDA

Mas como esse blog não é o Jornal Nacional, pra só falar de desgraças e tormentas que assolam a humanidade, arremato com O OUTRO LADO DA MOEDA. Que, aliás, é o mais vivaz e altivo. É o lado que escolho para carregar comigo. Lá vai: A FESTA FOI SENSACIONAL!
Nem acreditei quando olhei o relógio, ao chegar em casa. "Uai, ainda tenho disposição pra isso!", hehehe, pensei. Minto, não olhei relógio nenhum. Hoje em dia ninguém olha relógio; existem celulares.
E varei a noite. Dancei tanto, tanto, tanto (Madonna, Aha, Michael Jackson... e também aquela música cujo refrão é "Maria Maxilina", sabe?).
Comi quase meio quilo de castanha de caju, bolinha salgada, amendoim. Minha amiga comprou 15kg pra engordar os convidados; e caí como patinha. As delícias crocantes ficavam estrategicamente bem distribuídas em taças volumosas espalhadas pelo salão de festa (perto das quais eu me encontrava quase todo o tempo). De boba eu só tenho o andado. E tudo que é crocante faz a gente mais feliz.
Dei muita risada com minhas amigas professoras de inglês. Fizemos coreografias juntas. Relembramos os velhos tempos.
Fiz a cobertura fotográfica da festa, com minha câmera digital (adoro isso! Inseparáveis!); paparazzi da aniversariante, dona bela. Minha irmã.
Resumindo... falei. Rodei. Combinei. Reclamei. Aproveitei. Abracei. Beijei. Adorei.

4 de junho de 2009

Sem título

(porque, ao contrário do que protesta Millôr Fernandes, "uma imagem vale mais que mil palavras"... sim!)

2 de junho de 2009

Imagine

...um jovem rapaz carioca, com passagem marcada e malas prontas para viajar. Resolve checar seu passaporte e... surpresa: vencido há mais de 2 meses. Cancela sua reserva, 1 hora antes do check in. Dorme.
No dia seguinte, vê inúmeras ligações perdidas no seu celular. Liga a TV e descobre que nasceu de novo. Graças à desorganização? Ou destino? Acaso? Se nem Deus explica, imagina Freud... sem chance.
Air France. Sem palavras. Tristeza pelas vítimas, pelas famílias desamparadas. Putz... como a gente é pequeno. Demais. Não consegui assistir ao noticiário, senão eu choro. Triste, triste, triste... e eu, tosquinha, preocupada com "dieta já". Aff.

DIETA JÁ

A melhor coisa que tem é começar regime no domingo, ao invés de segunda. Assim, quando chega o primeiro dia, você já tá com 24 horas de vantagem... + magra, murcha, desinchada e motivada. Hahaha!

(agora, pra mim, todo dia tem caminhada esportiva. Suei que nem porca, ontem no Parque Villa Lobos, e hoje na esteira daqui de casa. Com esse frio, haja pique... nada de barzinho nem cervejinha- vilã!)

PS.: Comprei, na boca do caixa de supermercado Compre Bem (apelidado de "Compre Mal" aqui na minha vila!) um exemplar da revista Dieta Já. Li e comecei a fazer. Aff... cada coisa complicada... me diz, onde diabos a pessoa vai encontrar "farelo de linhaça dourada"? E semente de gergelim? Banana-passa? Acelga...??? Aaaaaaaaaaaaah... me acode. Vamos lá!